Teste Ergométrico – Entendendo os parâmetros do Teste de Esteira

Qual o Tempo médio do Teste Ergométrico?

Em geral, o médico escolhe um protocolo que permita um tempo de esforço até chegar a exaustão em cerca de 08 a 12 minutos, ou seja, em média 10 minutos.

Se você correu menos do que 08 minutos, talvez o protocolo tenha sido pesado para você ou talvez você esteja fora de uma boa forma física.

Se você correu mais do que 12 minutos, é provável que você está em excelente condicionamento físico, acima da média da população da sua idade.

FOR-WEB---TESTE-ERGOMÉTRICO---MULHER-DE-PERTO

Qual a Frequência Cardíaca Mínima a ser atingida durante o Teste Ergométrico?

Continue lendo

O que é o Teste Ergométrico?

 

O teste ergométrico é também conhecido como teste de esforço ou teste de esteira.

 

FOR-WEB---TESTE-ERGOMÉTRICO-DE-LONGE-COM-SITE-CARDIO

 

O teste ergométrico consiste na avaliação do comportamento cardiovascular, quando submetido a esforço físico gradualmente crescente, em esteira rolante. Durante o exame, é realizada a monitorização contínua do eletrocardiograma, da frequência cardíaca, da pressão arterial e dos sintomas do paciente.

 

Quais as Indicações para teste ergométrico?

 

O teste ergométrico é amplamente utilizado atualmente, tanto para diagnóstico de doenças cardíacas, quanto na avaliação para prática de atividades esportivas.

Dentre as principais indicações, podemos destacar:
  • Diagnóstico de doença arterial coronariana (“entupimento” das artérias do coração);
  • Detecção de arritmias cardíacas induzidas pelo esforço;
  • Avaliação de capacidade física;
  • Avaliação do comportamento da pressão arterial durante o esforço;
  • Estabelecer o risco de complicações futuras de determinadas doenças cardiovasculares (valor prognóstico);
  • Avaliar objetivamente o resultado de intervenções terapêuticas.

 

Como é feito o Teste?

O teste ergométrico é realizado em esteira ergométrica, com incremento progressivo na intensidade de exercício, sempre se iniciando com uma caminhada leve. Utilizam-se protocolos (programas que determinam a forma de acelerar e/ou inclinar a esteira), de acordo com as características clínicas do paciente.

Traçados eletrocardiográficos e medidas da pressão arterial são realizados antes, durante e após o exercício.

A interrupção do exame ocorrerá caso o paciente apresente grande cansaço ou exaustão, sintomas indicativos de anormalidades cardiovasculares, alterações compatíveis com isquemia, alterações significativas do ritmo cardíaco, ou quando o médico responsável julgar necessário.

 

Como se preparar para o Teste de esteira?

FOR-WEB---TESTE-ERGOMÉTRICO---ALONGAMENTO---SE-PREPARANDO.jpg

 

  • Vir ou trazer roupa confortável, adequada para exercício (shorts, bermuda, calça de agasalho, tênis, toalha)

 

  • Dieta normal 2 horas antes ou dieta leve 1 h antes do exame; o paciente não deve fazer o exame em jejum.

 

  • A suspensão de medicação em uso fica a critério do seu médico e na dependência dos objetivos do exame.

 

  • Não fumar por 3 horas antes do exame.

 

  • Não fazer uso de bebidas alcoólicas ou ir à academia no dia do exame.

 

  • Nos homens, poderá ser necessária a raspagem dos pelos do tórax (tricotomia) para evitar interferências no traçado eletrocardiográfico.

 

  • Amarrar bem o cadarço, pois ao se soltar, ele pode atrapalhar o exercício.

Continue lendo

Cardiologistas Unimed Ribeirão Preto

 

Doctor cardiologist shows a heart donor .

Cardiologistas Unimed Ribeirão Preto

Assim como já postei guias médicos relacionados a Ortopedistas, Reumatologistas, Urologistas e Infectologistas, coloco a disposição uma área que Ribeirão Preto se tornou referência – a Cardiologia. A Unimed tem hoje um número de cooperados Cardiologistas superior a 50. Uma equipe unida que muitas vezes segue em conjunto pacientes mais complexos com o apoio de especialistas em hemodinâmica intervencionista, marcapasso e dispositivos eletrônicos, estudo eletrofisiológico, reabilitação cardíaca, ecocardiografia, cardiologia pediátrica, entre outros.

Essas informações tem o intuito de facilitar o contato em busca do especialista da Unimed em nossa região, porém não constitui indicação ou recomendação pessoal. Qualquer médico cardiologista da Unimed que quiser alterar suas informações, complementar ou incluir seu nome de forma gratuita, pode entrar em contato com 016997371020

Continue lendo

Guia completo para Prevenção e Tratamento da Hipertensão Arterial

Esse é um guia prático e importante seja no tratamento da Pressão Alta ou Hipertensão Arterial, seja na Prevenção e manutenção de sua saúde.

Sabemos que no Brasil o controle da Hipertensão Arterial é baixo, cerca de 20% dos pacientes apresentam bom controle. Adotar as medidas descritas abaixo, vai aumentar as chances de manutenção da sua saúde, ajudando a prevenir o aparecimento precoce de doenças arteriais e cardiológicas, como Infarto, Insuficiência Cardíaca, AVC, arritmias, Insuficiência Renal, entre outras.

Ações básicas que podem ajudar a reduzir a Pressão Arterial incluem:

  • Controle do Peso
  • Redução no consumo de sal
  • Mudanças de dieta
  • Reduzir o consumo de álcool
  • Reduzir o estresse/ansiedade
  • Se exercitar regularmente
  • Melhorar a qualidade do sono
  • Evitar uso de remédios ou estimulantes que aumentam a pressão arterial

 

Vamos ao nosso guia completo:

 

Continue lendo

Qual melhor horário para tomar anti-hipertensivos?

Um estudo publicado recentemente pela European Society of Cardiology (Sociedade Europeia de Cardiologia), nos ajuda a responder essa pergunta.

O estudo acompanhou 19 mil pacientes com Hipertensão Arterial, com o objetivo de comparar o uso de anti-hipertensivo  bedtime (na hora de dormir) com o tradicional uso pela manhã ao acordar.

A conclusão do estudo foi:

A ingestão diária de pelo menos um anti-hipertensivo bedtime (antes de dormir), em oposição ao tratamento tradicional pela manhã ao acordar, resultou em vários benefícios, e diminuiu de forma significativa a ocorrência de eventos cardiovasculares (infarto do miocárdio, AVC, insuficiência cardíaca e mortes cardiovasculares).

Bedtime hypertension treatment impoves cardiovascular risk reduction

Qual foi a redução do risco relativo de eventos cardiovasculares observada no estudo (Trial) em questão?

 

The Hygia Chronotherapy Trial teve como resultado:

 

  • Morte cardiovascular: 56% redução relativa de risco
  • Infarto do miocárdio: 34% redução relativa de risco
  • Necessidade de revascularização miocárdica (cirurgia ou implante de stents): redução de 40% redução relativa de risco
  • AVC: redução de 49% redução relativa de risco
  • O uso dos medicamentos anti-hipertensivos à noite esteve associado a uma redução significativa de eventos cardiovasculares (45 % de redução relativa de risco no desfecho composto de morte cardiovascular, infarto, acidente vascular cerebral, insuficiência cardíaca, ou revascularização coronária)

 

Para maiores detalhes, principalmente para médicos, disponibilizarei o estudo completo, publicado em Outubro de 2019 no European Heart Journal | Oxford Academic pela Sociedade Europeia de Cardiologia nesse – link – Cardiovascular risk reduction – The Hygia Chrnotherapy Trial

Continue lendo

10 Exercícios que os homens devem evitar

 

Conforme já relatei em posts anteriores, exercício aeróbico de no mínimo 150 minutos por semana, complementado pelos exercícios de resistência 2 a 3x por semana, ajudam a manter a saúde cardiovascular. Veja mais detalhes no link de Recomendação de Exercícios

Entretanto, devemos tomar cuidados ao fazer alguns exercícios que podem levar a lesões ou dores nos ombros, costas e joelhos.

Continue lendo

Como aumentar o HDL (colesterol bom)?

AdobeStock---EXERCICIO-DE-RESISTÊNCIA---FOR-WEB-COM-SÍMBOLO

Como melhorar o HDL?                                                              E consequentemente melhorar a saúde e a qualidade de vida

Hoje vou fazer um texto mais informal, vou conversar a respeito do HDL. Nem todos sabem que o HDL é o colesterol bom. Um paciente me falou que seu médico uma vez lhe disse: “se o HDL estivesse bom, Hoje Deus Livra (H.D.L) e se o LDL estive ruim Logo Deus Leva (L.D.L)”. Achei um pouco exagerado, mas com certeza foi um método bom para memorizar a diferenciação entre o colesterol ruim e o colesterol bom. E realmente, ter um colesterol bom é algo ótimo para prevenção de doenças cardiovasculares precoces.

Vamos fazer com se fosse uma conversa e passar sobre alguns pontos importantes a respeito de aumentar o HDL

Continue lendo

Exercício Físico no Tratamento e Prevenção de Hipertensão

Meu médico me orientou:  Atividade física regular.

AdobeStock_296091271.jpeg
Exercício físico – Como começar? Qual duração? Qual intensidade?

E agora? Qual a “dose” mínima recomendada de exercício físico?

Todas as principais diretrizes atuais de Hipertensão Arterial recomendam um mínimo de:

150 minutos de exercício físico aeróbico* de intensidade moderada por semana.

*Aeróbico (caminhada, natação, ciclismo, corrida, entre outros).

Exercício físico aeróbico

O que seria atividade física de intensidade moderada?

Continue lendo

Anticoncepcionais Orais no Pré-Operatório

Os Anticoncepcionais Orais são estatisticamente a causa mais frequente de trombose venosa em mulheres jovens, devido ao seu amplo uso. O risco de trombose aumenta após 04 meses do início e retorna ao valor inicial 03 meses após a suspensão do medicamento. A cirurgia por si só já é um fator de risco para trombose venosa e esse risco se agrava com o uso de Anticoncepcional Oral Combinado.

Anticoncepcionais.JPG
Pílula anticoncepcional e o risco de trombose venosa na cirurgia

 

Os Anticoncepcionais Orais (ACO) contendo altos níveis de estrógeno (≥35 mcg) tem um maior risco de tromboembolismo do que os ACO com baixo nível (≤30 mcg). No entanto, mesmo as pílulas com menor teor de estrogênio estão associadas a um risco aumentado de trombose venosa.

Pulmonary tromboembolismo.JPG
Trombose venosa profunda (TVP) na perna pode levar a um tromboembolismo pulmonar, também conhecido como TEP

Continuar ou parar o anticoncepcional antes da cirurgia?

Continue lendo