Pular para o conteúdo

Creatina: Precauções e Considerações Essenciais sobre o Uso

na imagem contém o suplemento creatina, halteres e suplementos em capsulas

Olá, querido leitor! Se você chegou até aqui, provavelmente tem interesse ou curiosidade sobre a suplementação. E você não está sozinho nessa!

Muitos atletas e entusiastas do fitness têm se voltado para esse suplemento em busca de melhores resultados. Mas, o que realmente é a creatina? Quais são seus benefícios e riscos?

A dynamic and informative illustration about the supplementation of creatine depicting an athlete in the midst of an intense workout. The image highl

Neste artigo, mergulharemos fundo neste tema. Vamos lá?

Dr. Roberto Yano, médico clínico e cardiologista convidado pelo site medicina.ribeirao.br, reconhecido por seus 2 milhões de seguidores online, e influente youtuber no campo da medicina.

O que é a Creatina?

É uma substância natural encontrada em nossos músculos e cérebro. Ela é derivada de aminoácidos e desempenha um papel crucial na produção de energia durante atividades físicas de curta duração e alta intensidade.

Estrutura molecular da creatina.

Embora nosso corpo produza uma certa quantidade de creatina, muitas pessoas optam por suplementá-la para potencializar seus benefícios.

Para que serve a suplementação de Creatina?

A suplementação tem se mostrado eficaz em diversos aspectos:

  • Aumento da performance atlética: Auxilia na regeneração rápida de ATP (adenosina trifosfato), a principal fonte de energia das células. Isso pode levar a um aumento no desempenho em exercícios de alta intensidade.
  • Recuperação muscular: Estudos mostram que ela pode ajudar a reduzir a inflamação e o dano celular após exercícios intensos.
  • Benefícios cognitivos: Embora mais pesquisas sejam necessárias, alguns estudos sugerem que ela pode ter benefícios neuroprotetores.

Entendendo o funcionamento da Creatina

Agora, você pode estar se perguntando: como exatamente isso funciona no nosso corpo? Bem, quando consumimos o suplemento, seja através da dieta ou suplementação, ela é convertida em fosfocreatina e armazenada nos músculos.

Durante o exercício, a fosfocreatina é usada para produzir ATP, sendo rapidamente queimado para fornecer energia.

Explicação com exemplo:

Pense nela como uma bateria recarregável para seus músculos. Assim como uma bateria fornece energia para um dispositivo, ela fornece energia rápida para seus músculos durante atividades intensas.

E, assim como uma bateria recarregável, pode ser “recarregada” quando seus níveis estão baixos, garantindo que seus músculos tenham uma fonte constante de energia rápida.

Atleta em ação demonstrando a força muscular potencializada pela creatina.

Tabela Estatística

A creatina é, sem dúvida, um dos suplementos mais populares e pesquisados no mundo do esporte e fitness. Mas, o quão popular ela realmente é? E quais são os dados que sustentam sua eficácia? Vamos dar uma olhada em algumas estatísticas:

AspectoDados
Uso entre atletas profissionais80%
Uso entre entusiastas do fitness65%
Eficácia em aumentar a performanceAumento de 5-15%
Redução na fadiga muscularDiminuição de até 20%
Benefícios cognitivos10% de melhora em testes mentais

Benefícios da suplementação de Creatina

A creatina não é apenas um suplemento qualquer; ela é respaldada por décadas de pesquisa. Vamos explorar alguns dos benefícios mais notáveis:

  • Ganho de Massa Muscular: A creatina ajuda a aumentar o volume celular, levando a um crescimento muscular mais rápido.
  • Melhora na Performance: Como mencionado anteriormente, a creatina auxilia na produção de ATP, permitindo que os atletas treinem mais intensamente e por mais tempo.

Lista de efeitos colaterais

Embora seja geralmente segura para a maioria das pessoas, é crucial estar ciente de todos os possíveis efeitos colaterais. Vamos detalhar alguns dos mais comuns e raros:

  • Ganho de Peso: Devido à retenção de água nos músculos, algumas pessoas podem notar um aumento no peso corporal.
  • Distúrbios Estomacais: Em doses elevadas, ela pode causar desconforto estomacal, náuseas ou diarreia.
  • Tonturas: Alguns usuários relataram sentir tonturas após a ingestão.
  • Aumento da Temperatura Corporal: Pode aumentar a temperatura corporal, o que pode ser perigoso durante exercícios intensos em ambientes quentes.
  • Problemas de Pele: Embora raro, alguns usuários relataram erupções cutâneas após o uso de creatina.

Creatina atrapalha a função renal?

Scoop de creatina em pó

De acordo com um artigo publicado no SciELO, o consumo de creatina por atletas e praticantes de atividade física tem crescido consideravelmente, e os efeitos adversos desse suplemento continuam sendo alvos de debates científicos, especialmente no que se refere à função renal.

Outro estudo publicado no ResearchGate analisou estudos entre 2008 e 2018 e buscou entender os efeitos da suplementação de creatina sobre a função renal.

Além disso, estudos de revisão que analisaram a função renal e hepática a curto e longo prazos com suplementação de creatina não encontraram nenhuma alteração nos resultados dos exames bioquímicos analisados.

No entanto, um artigo sugere que, embora a creatina possa ser segura para muitos, o uso indiscriminado pode prejudicar a função renal, recomendando que indivíduos saudáveis que fazem uso regular desse suplemento não ultrapassem 5g por dia.

Leia mais sobre o assunto: A suplementação de creatina prejudica a função renal?

Alerta

O suplemento é seguro para muitos, mas nem todos devem consumi-la. Pessoas com histórico de problemas renais ou hepáticos devem evitar o uso.

Além disso, se estiver grávida, amamentando ou tomando medicamentos específicos, consulte um médico antes de iniciar a suplementação.

Como tomar Creatina?

scoop de creatina em um copo

É um dos suplementos mais populares entre os atletas e entusiastas do fitness devido aos seus benefícios comprovados no desempenho e na recuperação muscular. No entanto, para aproveitar ao máximo esses benefícios, é essencial saber como e quando tomá-la.

  • Dosagem: A dosagem recomendada pode variar. Muitos protocolos sugerem uma fase de carregamento, seguida de uma fase de manutenção. Durante a fase de carregamento, recomenda-se tomar 20g por dia, divididos em 4 doses de 5g, por 7 dias. Esta fase pretende abastecer rapidamente as reservas de creatina do corpo. No entanto, estudos recentes indicam que a fase de carregamento pode não ser necessária para todos. Uma dose diária de 3-5g, sem a fase de carregamento, pode ser suficiente para elevar e manter os níveis de creatina muscular ao longo do tempo.
  • Quando tomar: Pode ser tomada em qualquer horário do dia ao ter um efeito ao longo prazo no corpo e não imediato. No entanto, muitos atletas preferem tomar pós-treino para aproveitar o aumento da absorção de nutrientes pelos músculos.
  • Com o que misturar: Pode ser misturada com água, suco ou até mesmo em shakes de proteína. Algumas pesquisas sugerem que tomar creatina com carboidratos pode melhorar sua absorção.

Qual é a melhor Creatina?

Existem vários tipos disponíveis no mercado, como monohidrato de creatina, creatina etil éster e creatina alcalina. O monohidrato de creatina é o mais pesquisado e, portanto, o mais recomendado.

Ao escolher uma marca, procure aquelas que têm boa reputação e evite fórmulas com aditivos desnecessários.

suplementos e creatina 9
Acesse aqui as 5 marcas de creatina com mais avaliações positivas na Amazon

Preço e onde encontrar

O preço pode variar dependendo da marca, tipo e local de compra. Geralmente, pode ser encontrada em lojas de suplementos, farmácias e online. Ao comprar online, certifique-se de escolher vendedores confiáveis e leia as avaliações dos produtos.

suplementos e creatina 7

As 5 marcas de creatina mais vendidas na Amazon

Acesse aqui

As 5 marcas de creatina mais vendidas na Amazon – Acesse Aqui –

Creatina em Idosos: Eficácia e Segurança

A suplementação tem sido objeto de estudos em diversas faixas etárias, incluindo idosos. Esta tese apresenta achados de 4 estudos que investigaram a eficácia da suplementação, combinada ou não ao treinamento físico, em idosos saudáveis e frágeis, bem como em pacientes com osteoartrite de joelho e fibromialgia.

  • Eficácia em Idosos: Os resultados indicam que essa suplementação, especialmente quando combinada ao treinamento de força, pode trazer benefícios em termos de ganho de massa muscular e força em idosos. No entanto, é importante notar que os benefícios podem variar conforme a condição de saúde do indivíduo e outros fatores.
  • Segurança: A suplementação em idosos mostrou-se segura nos estudos apresentados, sem relatos significativos de efeitos colaterais adversos.

Conclusão: Ela pode ser uma ferramenta valiosa para idosos que buscam melhorar sua força e massa muscular, especialmente quando combinada com treinamento de força. No entanto, é sempre recomendado consultar um profissional de saúde antes de iniciar qualquer suplementação.

Perguntas Frequentes sobre a Suplementação de Creatina

A horizontal 3D image featuring a metallic blue shield with a clear traditional shield shape angled to resemble a push button with a Swiss style cr

1. O que é a creatina?

É uma substância natural encontrada em pequenas quantidades em certos alimentos e produzida pelo corpo. É armazenada principalmente nos músculos e usada para produzir energia durante atividades físicas de alta intensidade e curta duração.

2. Quais são os principais benefícios da suplementação de creatina?

Aumento da força muscular.
Melhoria no desempenho em exercícios de alta intensidade.
Aceleração da recuperação muscular.
Aumento da massa muscular.
Melhoria na função cerebral.
Redução da fadiga e exaustão.

3. A creatina tem efeitos colaterais?

Sim, embora seja considerada geralmente segura, alguns indivíduos podem experimentar efeitos colaterais como desconforto estomacal, náusea, diarreia e cãibras musculares.

4. A creatina interfere em medicamentos?

Sim, ela pode interagir com certos medicamentos, como os para hipertensão e diuréticos. É essencial consultar um médico antes de iniciar a suplementação.

5. Como devo tomar creatina?

A dosagem recomendada varia, mas uma abordagem comum é começar com uma fase de carregamento, seguida de uma fase de manutenção. No entanto, estudos recentes sugerem que a fase de carregamento pode não ser necessária para todos.

6. É eficaz após os 35 anos?

Sim, estudos indicam que o suplemento pode trazer benefícios em termos de ganho de massa muscular e força em idosos, especialmente quando combinada com treinamento de força.

7. Pode causar retenção de água?

Sim, pode causar retenção hídrica, o que pode levar a um aumento temporário no peso corporal.

8. A creatina é segura para os rins?

Embora haja preocupações sobre a creatina afetar a função renal, a maioria dos estudos não encontrou evidências de que a suplementação de creatina em doses recomendadas prejudique a função renal em indivíduos saudáveis.

9. A creatina é apropriada para vegetarianos e veganos?

Sim, a suplementação de creatina pode ser especialmente benéfica para vegetarianos e veganos, por tenderem a ter níveis mais baixos de creatina em seus músculos devido à ausência de carne em suas dietas.

estilo azul escuro 50 2

Reflexão Final

A suplementação é uma prática amplamente adotada por atletas e entusiastas do fitness em todo o mundo. Seus benefícios, como aumento da força e hipertrofia muscular, são bem documentados em estudos científicos. No entanto, como qualquer suplemento, é essencial abordar seu uso com cautela e conhecimento.

Ela não é uma solução mágica, mas uma ferramenta que, quando usada corretamente, pode auxiliar em objetivos específicos de treinamento. É crucial lembrar que a suplementação deve ser acompanhada de uma dieta equilibrada, treinamento adequado e, acima de tudo, consulta com profissionais de saúde.

Ao longo deste artigo, buscamos fornecer informações baseadas em evidências e abordar o tema de maneira abrangente.

Esperamos que esta leitura tenha sido esclarecedora e que você, leitor, sinta-se mais informado e capacitado para tomar decisões sobre sua saúde e bem-estar.

Lembre-se sempre de que cada corpo é único, e o que funciona para uma pessoa.

3 comentários em “Creatina: Precauções e Considerações Essenciais sobre o Uso”

  1. Avatar

    Artigo muito esclarecedor!!
    sempre tive duvidas sobre a creatina,e este artigo me ajudou a entender melhor
    Obrigada!

  2. Avatar

    Agradeço por abordar o tema de forma tão completo. Estáva procurando informações confiáveis sobre a creatina,este artigo foi perfeito

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Índice