HIIT – Treino Intervalado de Alta Intensidade

Exercício físico regular tem tido evidências de amplos benefícios para saúde. Há evidência de que o sedentarismo, pode ser um preditor de risco tão forte, como hipertensão, diabetes, tabagismo. Numerosos estudos epidemiológicos mostram que indivíduos sedentários tem uma mortalidade 2 a 3 vezes maior ao longo do seguimento, em comparação com pessoas com boa aptidão cardiorrespiratória. Devido ao fato do sedentarismo ser um fator de risco modificável, todo esforço é válido para incentivar a prática de exercícios regulares e aumentar a intensidade quando possível.

 

Treino Intervalado de Alta Intensidade ou simplesmente HIIT do inglês High-intensity interval training.

HIIT - High Intensity Interval Training
High-intensity interval training.

O treino intervalado de alta intensidade (HIIT) envolve sessões intermitentes, geralmente com intervalos regulares de atividade de alta intensidade, alternando com breves períodos de atividade de baixa intensidade ou descanso.

Numerosos estudos compararam a eficácia do treinamento físico contínuo de intensidade moderada (Moderate-intensity continuous exercise training – MICT) com o HIIT, para testar a melhora da capacidade aeróbica e outras medidas da função cardiovascular em adultos saudáveis.

Em estudos com adultos saudáveis, os treinos intervalados de alta intensidade, demonstraram induzir maiores aumentos na aptidão cardiorrespiratória do que o MICT, especialmente quando o trabalho total realizado durante o treinamento é comparável.

Assim, para indivíduos jovens saudáveis e assintomáticos, buscando melhorar rapidamente a aptidão cardiorrespiratória, o HIIT pode ser uma abordagem mais eficaz.

Para indivíduos com suspeita de doença coronariana ou com confirmação diagnóstica, mais estudos são necessários para oferecer dados sobre o perfil de segurança para esse tipo de treinamento.

Fonte Uptodate® – revisado no dia 22 de janeiro de 2020

Athletic young man muscular powerful aggressive man training with rope in functional training fitness gym. in day time with sunlight at window.

Em Resumo:

Você que é saudável, assintomático, e tem pouco tempo no dia a dia ou deseja melhorar a aptidão cardiorrespiratória mais rapidamente, o HIIT pode ser uma opção interessante.

Você que já teve sintomas (falta de ar em excesso, dores no peito, palpitações, tonturas, entre outros), ou esteja na dúvida sobre a segurança de praticar treinos de alta intensidade, sugiro uma consulta com Cardiologista para uma adequada avaliação.

Por fim, mas não menos importante, vale a pena ressaltar que o HIIT adiciona mais uma opção para atingir ou manter um bom condicionamento físico, mas não é obrigatoriamente uma substituição a outros treinos. A tradicional recomendação de exercícios aeróbicos contínuos de intensidade moderada, atingindo pelo menos 150 minutos por semana, juntamente com treinos de força 2 vezes por semana é altamente benéfica. Também é possível alternar os treinos, alguns dias HIIT, outros dias exercícios aeróbicos contínuos, além de 2 vezes por semana realizar treinos de força. Em adicional, em diferentes épocas, um tipo de treino pode se adequar melhor e ser mais interessante por um determinado período. As possibilidades de treino para manter a saúde são várias, a escolha é individual de acordo com a capacidade, preferência e segurança para o treino de cada um.

Próximo texto, falaremos sobre como saber detectar qual a intensidade do exercício físico (leve, moderada ou alta intensidade). Abraços a todos que acompanharam o texto.

Se realiza algum treino “HIIT”, fique a vontade em compartilhar sua experiência nos comentários.

 

Posts relacionados:

Teste Ergométrico – Entendendo os parâmetros do Teste de Esteira 

Estratégias para incorporar Atividade Física no dia a dia

Atividade Física Regular em 2020

 

FOR-WEB---CARDIOLOGISTA-03---LOGO-CARDIO
Médico Graduado na Medicina USP Ribeirão Preto
Residência em Clinica Médica no Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo (HC-FRMP-USP).
Título de Especialista em Cardiologista pela Sociedade Brasileira de Cardiologia (SBC) e Associação Médica Brasileira (AMB)
Premiado pela Sociedade Brasileira de Cardiologia por obter as primeiras colocações no Título de Especialista em Cardiologia, com pontuação máxima.

 

 

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.