Pular para o conteúdo

Evoculumabe: novo medicamento para o tratamento do colesterol

novo medicamento injetável para tratamento de colesterol

Você já ouviu falar em evoculumabe, também conhecido pelo nome comercial Repatha? Este medicamento representa um tratamento mais moderno em relação às doenças cardiovasculares. Neste artigo, vamos desvendar tudo o que você precisa saber sobre ele, de uma maneira simples e fácil de entender.

O que é o evoculumabe?

ESTILO AZUL 9 SERINGA MODERNA 1
Ilustração fictícia gerada por IA de uma seringa moderna

O evoculumabe é um medicamento diferente. Ele é classificado como um anticorpo monoclonal. Sei que essa palavra pode parecer estranha, mas pense nos anticorpos como pequenos soldados em nosso organismo.

Eles são os responsáveis por proteger nosso corpo contra invasores, como vírus e bactérias. O evoculumabe, então, é como um soldado personalizado, preparado para combater um inimigo específico.

Nesse caso, o inimigo é uma proteína chamada PCSK9, que quando está em excesso no corpo, pode aumentar o colesterol ruim no sangue.

Para que serve o evoculumabe?

médico com dúvidas sobre para que serve o evoculumabe

O evoculumabe serve para combater altos níveis de colesterol ruim, também conhecido como LDL. Este tipo de colesterol pode se acumular nas artérias, formando placas que dificultam o fluxo do sangue.

Isso pode levar a problemas cardiovasculares sérios, como o infarto do coração. Portanto, o evoculumabe age como um escudo, bloqueando a ação da proteína PCSK9 e reduzindo o colesterol ruim no sangue.

Agora em termos técnicos, vamos ver com detalhes como funciona o evoculumabe:

O evoculumabe é um medicamento que pertence a uma classe de medicamentos conhecidos como inibidores de PCSK9 (proteína convertase subtilisina/quexina tipo 9). É uma forma de terapia de anticorpos monoclonais, o que significa que usa anticorpos – proteínas do sistema imunológico que normalmente combatem infecções – para atingir e inibir uma proteína específica no corpo.

O alvo do evoculumabe é a proteína PCSK9. Esta proteína tem a função de limitar a quantidade de colesterol LDL (colesterol “ruim”) que o fígado consegue retirar da corrente sanguínea. Ela faz isso ao se ligar aos receptores de LDL na superfície das células hepáticas, levando à sua degradação e impedindo que eles retirem o colesterol LDL do sangue.

Quando o evoculumabe é administrado, ele se liga à proteína PCSK9 e bloqueia sua ação. Isso permite que mais receptores de LDL permaneçam na superfície das células hepáticas para remover o colesterol LDL do sangue. Como resultado, os níveis de colesterol LDL no sangue diminuem, reduzindo assim o risco de doenças cardíacas e acidentes vasculares cerebrais em pessoas com altos níveis de colesterol.

O que você precisa saber antes de tomar Rephata

Antes de iniciar o tratamento com evoculumabe, é importante conhecer algumas informações. Vamos começar falando sobre as contraindicações.

Contraindicações do Repatha

ESTILO AZUL STOP 1

Como todo medicamento, o evoculumabe possui algumas contraindicações. Ele não deve ser usado por pessoas que tenham alergia a algum dos componentes da fórmula. Além disso, é importante informar ao médico se você tem alguma doença crônica ou está usando outros medicamentos.

Uso em populações especiais

Quanto ao uso em populações especiais, como idosos e gestantes, não deve ser usado sem a devida orientação médica. Gestantes, por exemplo, somente devem usar o medicamento apenas se o benefício justificar o risco potencial ao feto.

Interações medicamentosas

As interações medicamentosas também são importantes. O evoculumabe pode interagir com outros medicamentos, como as estatinas, por exemplo. Portanto, é essencial informar ao médico todos os medicamentos que você está tomando.

“A informação é o primeiro passo para um tratamento seguro e eficaz.”

Efeitos colaterais

Como todo medicamento, o evoculumabe pode causar alguns efeitos colaterais. Os mais comuns são dor nas costas, sintomas de gripe, alergias e reações no local da injeção. Mas lembre-se, efeitos colaterais não são uma regra, mas uma possibilidade.

Como lidar com os efeitos colaterais

Caso você experimente algum efeito colateral enquanto estiver tomando evoculumabe, a primeira coisa a fazer é não entrar em pânico.

Efeitos colaterais são como a chuva: podem ser incômodos, mas são, na maioria das vezes, temporários e contornáveis. Além disso, é fundamental entrar em contato com seu médico para que ele possa orientar a melhor maneira de lidar com a situação.

Detalhando os Efeitos Colaterais

Os efeitos colaterais de qualquer medicamento podem variar de pessoa para pessoa. No caso do evoculumabe, algumas pessoas podem não experimentar nenhum efeito colateral, enquanto outras podem ter reações adversas.

Os efeitos colaterais mais comuns do evoculumabe incluem:

  • Dor nas costas: Alguns pacientes podem experimentar desconforto ou dor na região das costas.
  • Sintomas de gripe: Pode haver casos de sintomas semelhantes aos da gripe, como febre, cansaço, dor de cabeça, dores musculares e nas articulações.
  • Reações alérgicas: As reações alérgicas podem variar de leves a graves. Sintomas como vermelhidão, coceira, inchaço ou dificuldade em respirar devem ser comunicados imediatamente ao médico.
  • Reações no local da injeção: Como o medicamento é injetável, podem ocorrer reações no local da injeção, como vermelhidão, inchaço, dor, coceira ou hematoma.

Os efeitos colaterais raros, mas mais sérios incluem:

  • Reações alérgicas graves: Apesar de raras, reações alérgicas graves, também conhecidas como anafilaxia, podem ocorrer. Sintomas incluem inchaço da face, lábios, língua ou garganta, dificuldade para respirar ou engolir e desmaio. Se você apresentar algum desses sintomas, procure ajuda médica imediatamente.
  • Problemas musculares ou de fígado: Em alguns casos, o evoculumabe pode causar problemas musculares ou de fígado. Se você tiver dores musculares inexplicadas, sensibilidade ou fraqueza, especialmente se estiver acompanhada de mal-estar ou febre, ou se notar amarelecimento da pele ou dos olhos, urina escura ou dor abdominal, entre em contato com seu médico imediatamente.

É importante lembrar que a maioria das pessoas não experimenta todos os efeitos colaterais listados e que muitos efeitos colaterais são gerenciáveis ou desaparecem com o tempo. 

Se você experimentar algum efeito colateral enquanto estiver tomando evoculumabe, é importante conversar com seu médico. Ele pode aconselhá-lo sobre como gerenciar os efeitos colaterais ou ajustar a dosagem do medicamento, se necessário.

Preços do evoculumabe

moedas ilustrando o valor do evoculumabe

Os preços do evoculumabe podem variar bastante segundo o plano de saúde e a localização geográfica. Em média, o custo de uma dose do medicamento pode variar entre R$ 1.500 e R$ 2.500. Lembrando que esse é um investimento na sua saúde e qualidade de vida.

Medicamentos similares e laboratórios

Existem outros medicamentos similares ao evoculumabe no mercado, como o alirocumabe, que também é um anticorpo monoclonal. Ele é produzido pelo laboratório Sanofi e tem um mecanismo de ação similar ao evoculumabe.

Bula do medicamento evoculumabe

A bula do medicamento contém todas as informações detalhadas sobre o evoculumabe. Ela deve ser lida com atenção e qualquer dúvida deve ser esclarecida com o médico ou o farmacêutico.

Como usar o evoculumabe?

O evoculumabe é administrado por meio de injeção subcutânea, geralmente a cada duas semanas ou uma vez por mês. A dose pode variar conforme as necessidades de cada paciente.

Quando procurar ajuda médica

psiquiatria e saude mental 10 6

É importante procurar ajuda médica se você apresentar algum dos efeitos colaterais mencionados anteriormente e eles não melhorarem ou se tornarem graves. Além disso, se você sentir dor no peito, falta de ar ou sinais de um AVC, como fraqueza em um lado do corpo ou dificuldade para falar, procure ajuda médica imediatamente.

Dúvidas comuns sobre o evoculumabe

Algumas dúvidas são muito comuns quando se fala em evoculumabe. Muitas pessoas querem saber se o medicamento é seguro, se causa dependência ou se pode ser usado com outros medicamentos.

Vamos tentar responder essas dúvidas na nossa seção Perguntas Frequentes ao final .

O impacto do evoculumabe na vida das pessoas

O evoculumabe tem impactado positivamente a vida de pessoas em caso selecionados. Ele tem ajudado a controlar os níveis de colesterol e reduzir o risco de doenças cardiovasculares, melhorando a qualidade de vida e até mesmo aumentando a expectativa de vida.

Sempre é importante relacionar que o uso do Evoculumabe é para casos selecionados, pois temos outras medicações com eficácia comprovada e mais tradicionais no tratamento do colesterol, antes de entrar com o Repatha. 

Palavras finais

Esperamos que este artigo tenha ajudado a esclarecer suas dúvidas sobre o evoculumabe. Lembre-se, é sempre importante conversar com seu médico antes de iniciar qualquer tratamento. Agora, queremos ouvir de você: já conhecia o evoculumabe? Já usou esse medicamento? Conte para nós nos comentários!

Perguntas frequentes sobre evoculumabe

ESTILO AZUL 6 PERGUNTA adobe photoshop

O que é evoculumabe?

Evoculumabe é um medicamento usado para tratar altos níveis de colesterol. Ele funciona inibindo a proteína PCSK9, permitindo que o fígado remova mais colesterol do sangue.

Como o evoculumabe é administrado?

O evoculumabe é administrado por meio de uma injeção subcutânea, geralmente a cada duas semanas ou uma vez por mês. A dose varia conforme a necessidade do paciente.

Quais são os efeitos colaterais do evoculumabe?

Os efeitos colaterais mais comuns do evoculumabe incluem dor nas costas, sintomas de gripe, reações alérgicas e reações no local da injeção. Efeitos colaterais mais sérios, embora raros, incluem reações alérgicas graves e problemas musculares ou de fígado.

O evoculumabe pode ser usado com outros medicamentos?

Sim, o evoculumabe pode ser usado com outros medicamentos para reduzir o colesterol. No entanto, é importante informar o seu médico sobre todos os medicamentos que está tomando.

Quem pode usar o evoculumabe?

O evoculumabe é geralmente indicado para adultos com colesterol alto que não conseguem controlá-lo apenas com dieta e exercícios. Pode também ser indicado para pessoas que não podem usar estatinas.

O evoculumabe é seguro para gestantes?

A segurança do uso de evoculumabe durante a gravidez não é conhecida. Se você está grávida ou planeja engravidar, converse com seu médico antes de iniciar o uso deste medicamento.

Quanto custa o evoculumabe?

O preço do evoculumabe pode variar, mas geralmente é considerado um medicamento de alto custo. Alguns planos de saúde e programas de assistência podem ajudar a cobrir o custo.

Veja mais:

Índice

5 1 Voto
Vote
Inscreva
Notifique por
guest
1 Comentário
Comentários em linha
Ver todos os comentários
trackback

[…] violência geralmente pode ocorrer se a pessoa não aceitar tratamento ou abandonar o uso dos medicamentos prescritos e evoluir com delírios e alucinações que podem, […]

Comprimidos dispostos formando uma imagem de coração, simbolizando medicamentos para a saúde do coração

Enalapril: Efeitos colaterais, para que serve e mais

Neste artigo, abordamos todos os aspectos importantes sobre o Enalapril, um medicamento usado para tratar a hipertensão arterial e a insuficiência cardíaca. Falamos sobre seus efeitos colaterais, contraindicações, interações medicamentosas e até fornecemos uma seção de perguntas frequentes para solucionar as dúvidas mais comuns.

Ver artigo
1
0
Deixe seu comentáriox