Categorias anti-hipertensivos Medicamentos

Enalapril | O que é, Para que serve e Cuidados ao tomar

O cuidado com a saúde do coração é uma prioridade que deve ser levada a sério. Segundo o Ministério da Saúde, as doenças cardiovasculares são as principais causas de morte no Brasil, com aproximadamente 300.000 óbitos por ano. Dentro deste cenário, surge o Enalapril, um medicamento amplamente utilizado no tratamento de hipertensão e insuficiência cardíaca.

O que é Enalapril?

Enalapril é um medicamento de uso oral, classificado como um inibidor da enzima conversora de angiotensina (ECA). Ele atua dilatando os vasos sanguíneos para facilitar o fluxo do sangue, reduzindo a pressão arterial e aliviando o esforço do coração. É comumente receitado para tratar a hipertensão arterial e insuficiência cardíaca.

Anúncio

Para que serve o Enalapril?

O Enalapril é usado principalmente para tratar a hipertensão arterial, uma condição que afeta milhões de brasileiros e é um fator de risco significativo para doenças cardíacas e acidentes vasculares cerebrais. Também é usado no tratamento da insuficiência cardíaca, uma condição na qual o coração não consegue bombear sangue suficiente para atender às necessidades do corpo.

Para contextualizar, é como se o Enalapril fosse um facilitador de tráfego em uma rodovia congestionada. Sua ação possibilita a dilatação dos \”caminhos\” por onde o sangue precisa passar, facilitando o fluxo e permitindo que o coração trabalhe de maneira mais eficiente.

Embora o Enalapril seja mais conhecido como um medicamento para o controle da hipertensão, ele também é usado para tratar outras condições de saúde. Aqui estão alguns exemplos:

Infarto Agudo do Miocárdio

O Enalapril pode ser usado no tratamento do infarto agudo do miocárdio. Este medicamento ajuda a prevenir danos adicionais ao coração após um infarto, reduzindo a pressão arterial e diminuindo a quantidade de trabalho que o coração tem que fazer.

Prevenção da Progressão da Doença Renal Crônica

O Enalapril também é frequentemente prescrito para pacientes com doença renal crônica. A hipertensão arterial é uma causa comum de doença renal, e o controle da pressão arterial com o Enalapril pode ajudar a retardar a progressão da doença renal.


Como usar o Enalapril?

O Enalapril deve ser tomado de acordo com a prescrição médica, pois a dosagem pode variar de pessoa para pessoa. As dosagens comuns variam entre 2,5 mg a 20 mg, uma ou duas vezes ao dia, dependendo da condição que está sendo tratada.


Efeitos Colaterais

O Enalapril, como qualquer medicamento, pode apresentar efeitos colaterais. Aqui estão alguns dos mais comuns:

Em situações mais raras, o captopril pode causar efeitos colaterais mais sérios:

  1. Tosse
  2. Perda do paladar
  3. Surgimento de erupções na pele
  4. Sensação constante de cansaço ou fraqueza
  1. Inchaço do rosto, dos lábios, da língua ou até mesmo da garganta
  2. Problemas hepáticos
  3. Problemas renais
  4. Queda brusca na pressão arterial

É fundamental estar atento a estes sinais. Em caso de qualquer sintoma, busque ajuda médica imediatamente. E lembre-se: qualquer alteração que você notar durante o uso do captopril deve ser informada ao seu médico


Interações medicamentosas

O Enalapril, como qualquer outro medicamento, pode interagir com diversos outros fármacos. Isto significa que o uso simultâneo do Enalapril com certos medicamentos pode alterar a maneira como eles atuam ou aumentar o risco de efeitos colaterais graves. Portanto, é crucial informar o seu médico ou farmacêutico sobre todos os medicamentos que está utilizando, incluindo medicamentos sem prescrição, suplementos nutricionais e produtos à base de plantas.

Aqui estão algumas das interações medicamentosas mais comuns do Enalapril:

  1. Suplementos de Potássio e substitutos do sal que contêm Potássio: Esses produtos podem aumentar o nível de potássio no sangue, o que pode ser perigoso quando combinado com o Enalapril. Acompanhe sempre seus níveis de potássio.
  2. Medicamentos para Diabetes: O Enalapril pode interagir com medicamentos para diabetes, como insulina ou metformina, potencializando o efeito de diminuição da glicose no sangue, o que pode levar a hipoglicemia.
  3. Anti-inflamatórios não esteroides (AINEs): Medicamentos como ibuprofeno ou naproxeno podem diminuir a eficácia do Enalapril no controle da pressão arterial.
  4. Lítio: A combinação de Enalapril com lítio, geralmente usado no tratamento de certos tipos de depressão, pode aumentar a quantidade de lítio no sangue, aumentando o risco de efeitos colaterais do lítio.

Estas são apenas algumas das interações possíveis e não se trata de uma lista completa. Por isso, sempre consulte um profissional de saúde antes de iniciar qualquer medicamento novo enquanto estiver a tomar Enalapril.


Monitoramento Durante o Uso de Enalapril

O Enalapril é um medicamento amplamente usado para tratar hipertensão e insuficiência cardíaca. Embora seja eficaz, seu uso requer monitoramento cuidadoso para garantir segurança e eficácia. Aqui estão os principais aspectos a serem monitorados:

  1. Creatinina e Ureia: A função renal deve ser monitorada regularmente, pois o Enalapril pode afetar os rins. A medição dos níveis de creatinina e ureia no sangue ajuda a avaliar como os rins estão filtrando resíduos. Alterações significativas podem indicar a necessidade de ajustar a dose.
  2. Eletrolitos, como Potássio: O Enalapril pode alterar os níveis de eletrólitos, principalmente o potássio. Níveis elevados de potássio (hipercalemia) podem ser perigosos, portanto, é importante monitorar regularmente esses níveis.
  3. Importância dos Retornos e Reavaliações: Consultas regulares com o médico são cruciais. Nessas consultas, o médico pode avaliar a eficácia da dose atual e fazer ajustes se necessário. Essas reavaliações também ajudam a identificar possíveis efeitos adversos que o paciente possa estar experienciando.
  4. Avaliação da Efetividade da Dose: É importante avaliar se a dose está controlando efetivamente a pressão arterial ou os sintomas da insuficiência cardíaca. Se a pressão arterial permanecer elevada ou os sintomas não melhorarem, pode ser necessário ajustar a dose.
  5. Identificação de Efeitos Adversos: O Enalapril, como todos os medicamentos, pode causar efeitos colaterais. Alguns dos mais comuns incluem tosse seca, fadiga e tonturas. Se esses ou outros efeitos adversos ocorrerem, o médico pode considerar ajustar a dose ou trocar o medicamento.

O acompanhamento regular com um profissional de saúde é essencial para qualquer pessoa que esteja tomando Enalapril. Este acompanhamento ajuda a garantir que o medicamento seja tão eficaz e seguro quanto possível.


Reflexões finais

saúde do seu coração é essencial para a sua qualidade de vida. Se você sofre de hipertensão ou insuficiência cardíaca, medicamentos como o Enalapril podem fazer uma grande diferença. Lembre-se, o cuidado com a saúde começa com você. Mantenha-se informado e proativo no seu cuidado.

Veja também artigos sobre outros anti-hipertensivos captopril, losartana, benicar anlo.


Dr. Rafael Vinícius Otsuzi Médico pela Universidade de São Paulo - Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto - USP Residência Médica: Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo - HC - FMRP USP Especialista em Cardiologia pela Associação Médica Brasileira (AMB) Título de Especialista em Cardiologia pela Sociedade Brasileira de Cardiologia (SBC)

Ver comentários

  • gostei muito do seu site parabéns. I like so much your
    website, verygood content. i will follow you :)

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados*

Compartilhar
Publicado por
Tags: anti-hipertensivos Enalapril Hipertensão medicamentos Pressão arterial

Postagens recentes

  • Medicina e Saúde

Aproveite o Sol e Alimentos Ricos em Vitamina D

Você já parou para pensar no papel vital que a vitamina D desempenha em nossa…

2 semanas atrás
  • Medicina e Saúde

Frutas Cítricas para Aumentar a Absorção de Minerais

Frutas cítricas, com seus sabores vibrantes e aroma fresco, são mais do que apenas um…

3 semanas atrás
  • Medicina e Saúde
  • News
  • Notícias

Água Engarrafada e a contaminação por Nanopartículas de plástico

O estudo recente sobre a presença de nanoplasticos em água engarrafada, publicado no Proceedings of…

4 semanas atrás
  • Medicina e Saúde

Hidradenite: o que é, causas, diagnóstico e tratamento

Hidradenite, frequentemente subestimada e pouco conhecida, é uma condição dermatológica crônica que desafia não apenas…

4 semanas atrás
  • Doenças Infecciosas
  • Medicina e Saúde

Infecção pelo HTLV: Uma visão geral

O vírus linfotrópico de células T humanas (HTLV) é um agente infeccioso que, apesar de…

4 semanas atrás
  • Medicina e Saúde

Pé de Atleta: Compreendendo a micose dos Pés

A Micose dos Pés ou Tinha dos Pés, comumente referida como "Pé de Atleta", é…

4 semanas atrás