Pular para o conteúdo

O Que é Isquemia Miocárdica no Teste Ergométrico?

A saúde do coração é um tema que deve ser levado a sério, especialmente quando se trata de realizar exames para diagnosticar possíveis problemas. Neste artigo, falaremos sobre o teste ergométrico e como ele pode identificar a isquemia miocárdica. Vamos explicar o que isso significa de uma forma fácil de entender para que todos possam compreender a importância desse diagnóstico.

placa de ateroma, causando obstrução de fluxo sanguíneo em artéria

Visão geral sobre Teste Ergométrico

O teste ergométrico, também conhecido como teste de esforço ou teste de esteira, é um exame utilizado para avaliar a resposta do coração a diferentes níveis de esforço físico.

Por que é realizado?

Ele é realizado para identificar possíveis problemas cardíacos, como a isquemia miocárdica, e também para avaliar a capacidade física e a presença de arritmias durante o esforço.

Como é realizado?

O teste consiste em fazer o paciente se exercitar em uma esteira ergométrica enquanto sua frequência cardíaca, pressão arterial e eletrocardiograma são monitorados.

A highly realistic and sophisticated image of a cardiological stress test in a hi tech and clean medical setting captured from a 45 degree angle abo 2

O que é Isquemia Miocárdica no Teste Ergométrico?

Definição

A isquemia miocárdica é uma condição na qual o fluxo sanguíneo para o músculo cardíaco é reduzido, o que dificulta o fornecimento de oxigênio e nutrientes ao coração. Isso pode levar à angina, que é a dor ou desconforto no peito, e, em casos mais graves, a um infarto do miocárdio.

Causas

A principal causa da isquemia miocárdica é a obstrução das artérias coronárias, responsáveis por levar sangue ao coração, geralmente causada por placas de gordura e colesterol.

Sintomas

Os sintomas da isquemia miocárdica podem incluir dor no peito, falta de ar, fadiga, tontura e náuseas.

Diagnóstico

O diagnóstico da isquemia miocárdica pode ser feito através de exames como eletrocardiograma, e, claro, o teste ergométrico.

Tratamento

O tratamento da isquemia miocárdica varia de acordo com a gravidade e as causas do problema. Pode incluir mudanças no estilo de vida, medicamentos, procedimentos de cateterismo cardíaco, como a angioplastia, e até mesmo cirurgia de revascularização miocárdica, conhecida como ponte de safena.


Isquemia no Teste Ergométrico

Identificação

Durante o teste ergométrico, é possível identificar a isquemia miocárdica através de alterações no eletrocardiograma, como depressão ou elevação do segmento ST, e também através dos sintomas apresentados pelo paciente, como dor no peito ou falta de ar.

O que fazer?

Se o teste ergométrico indicar a presença de isquemia miocárdica, é fundamental procurar um médico especialista para uma avaliação mais aprofundada e definição do tratamento adequado.

Entendendo o resultado

Em resumo, a isquemia miocárdica no teste ergométrico significa que seu coração está com dificuldades para receber oxigênio e nutrientes durante o esforço físico. Isso pode ser um sinal de que suas artérias coronárias estão obstruídas e é necessário procurar tratamento médico.


Prevenção

A melhor maneira de prevenir a isquemia miocárdica é adotar um estilo de vida saudável, com uma dieta equilibrada, exercícios físicos regulares, evitar o tabagismo e controlar fatores de risco como hipertensão, diabetes e colesterol alto.


Importância do diagnóstico

O diagnóstico precoce da isquemia miocárdica é fundamental para evitar complicações mais graves e garantir uma melhor qualidade de vida ao paciente. Portanto, o diagnóstico serve para prevenir Infarto Agudo do Miocárdico e Morte Súbita associado a esforço físico.


Possíveis causas de um teste ergométrico positivo para isquemia miocárdica

Um resultado positivo no teste ergométrico para isquemia miocárdica pode ter várias causas, e nem sempre indica que há um problema grave no coração. As possíveis causas incluem:

  1. Resultado falso positivo: Em alguns casos, o teste ergométrico pode apresentar um resultado falso positivo, ou seja, indicar isquemia miocárdica mesmo quando não há problemas nas artérias coronárias. Isso pode ocorrer devido a variações anatômicas, alterações no eletrocardiograma não relacionadas à isquemia ou condições benignas que podem causar alterações temporárias no fluxo sanguíneo do coração.
  2. Doença microvascular: A doença microvascular é uma condição na qual os vasos sanguíneos menores (microvasos) do coração apresentam problemas, como espasmos ou disfunção endotelial, dificultando o fluxo sanguíneo adequado. Essa condição pode causar sintomas semelhantes aos da isquemia miocárdica e também pode resultar em um teste ergométrico positivo.
  3. Isquemia miocárdica típica: Como explicado anteriormente no texto, a isquemia miocárdica típica ocorre quando há entupimento das artérias coronárias, geralmente causado por placas de gordura e colesterol. Essa é a causa mais comum de um teste ergométrico positivo para isquemia miocárdica e pode levar a complicações graves se não tratada adequadamente.

Qual o próximo exame investigativo de isquemia miocárdica?

Após um resultado do teste ergométrico indicar isquemia, é necessário realizar exames mais específicos para determinar a causa e a gravidade do problema. Entre os exames que podem ser solicitados estão:

  • Ecocardiograma com estresse físico: Esse exame combina o ecocardiograma convencional com a realização de esforço físico, permitindo avaliar o funcionamento do coração e o fluxo sanguíneo durante o exercício.
  • Cintilografia de perfusão do miocárdio: A cintilografia de perfusão do miocárdio é um exame que utiliza substâncias radioativas para avaliar o fluxo sanguíneo no coração e identificar possíveis áreas de isquemia ou infarto.
  • Angiotomografia de coronárias: A angiotomografia de coronárias é um exame de imagem que utiliza raios-X e um contraste para visualizar o interior das artérias coronárias e identificar possíveis obstruções.
  • Cateterismo cardíaco: Em alguns casos, pode ser necessário realizar o cateterismo cardíaco, um procedimento invasivo que permite avaliar o fluxo sanguíneo nas artérias coronárias e, se necessário, realizar a angioplastia para desobstruir as artérias afetadas.
Angioplastia com Stent

Conclusão

Agora que você entende o que é isquemia miocárdica no teste ergométrico e a importância de realizar esse exame para diagnosticar problemas cardíacos, é fundamental manter um acompanhamento médico regular e adotar hábitos saudáveis para prevenir possíveis complicações. Portanto, não ignore os sinais do seu corpo e busque ajuda médica sempre que necessário.

Referências sobre o tema:

Sociedade Brasileira de Cardiologia. (2018). Diretriz de Teste Ergométrico. Arquivos Brasileiros de Cardiologia, 111(5), 718-739.

American Heart Association. (2021). What is Cardiac Ischemia?

Sobre Dr. Rafael Otsuzi MIDIA e FOTO 3

4 comentários em “O Que é Isquemia Miocárdica no Teste Ergométrico?”

  1. Avatar
    Rosani de Fatima Garcia

    Excelente explicação , pois levei um susto muito grande , apos terminar o teste ergomertrico.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Índice