Cicatriz Queloide

Informações básicas sobre cicatriz queloide

keloide

 

O que é um queloide?

Queloide é um crescimento anormal de tecido cicatricial que se forma no local de um traumatismo, corte ou cirurgia de pele. Pode ser doloroso ou coçar, e ter aparência diferente de uma cicatriz normal. Uma pessoa pode ter apenas um queloide ou muitos outros.

Queloides são mais comuns em pessoas com pele escura. Eles também podem ser em consequência de uma carga genética. Se alguém da sua família tiver queloides, você tenderá a ter um maior risco de desenvolver queloide.

 

Como os queloides se formam?

Os queloides podem se formar após qualquer lesão ou procedimento que rompa a pele. Isso pode incluir:

● Piercing – Nas orelhas ou em outra parte do corpo.

● Um simples corte. Cortes ou cicatrizes que infeccionam geram maior risco de desenvolver queloide.

● Acne com tendência a cicatrizes.

● Cirurgia – Um queloide pode se formar na cicatriz cirúrgica.

 

 

Quais são os sintomas de um queloide? 

Um queloide pode apresentar um crescimento irregular, porém é uma alteração benigna, na qual ocorre uma perda dos mecanismos de controle que normalmente regulam o equilíbrio do reparo e regeneração de tecidos. Pode ocasionar:

● Dor

● Leve coceira

● Sensação de queimação ao redor da lesão

 

Quais as regiões mais comuns de queloide?

Quelóides são mais comuns em certas partes do corpo. Esses incluem:

● Orelhas

● Pescoço – Um tipo específico de queloide acontece em consequência de uma espinha lesionando a parte de trás do pescoço.

● Mandíbula

● Peito, ombros e parte superior das costas

 

Qual a diferença entre queloide e cicatriz hipertrófica?

Em resumo a cicatriz hipertrófica fica elevada porém respeita os limites da lesão inicial. Ao contrário das cicatrizes hipertróficas, os queloides crescem sem respeitar os limites da ferida original. Eles não devem ser confundidos com cicatrizes hipertróficas, pois essas são muito mais comuns e, apesar de cicatrizes elevadas e endurecidas, elas mantêm os limites da cicatriz e tendem a melhorar mais rápido com o tratamento adequado.

 

Eu deveria procurar um médico?

– Sim.

Se você tiver um novo crescimento em sua pele, consulte seu médico. Queloide não é câncer. Mas alguns crescimentos da pele são câncer. Peça ao seu médico para verificar.

 

Existe um teste para queloides?

– Não. Não há teste. Mas o seu médico é capaz de fazer o diagnóstico pela história clínica e exame físico.

 

Como os queloides são tratados?

-Os médicos têm vários tratamentos diferentes para queloides. Um dos tratamentos mais utilizados é a injeção de corticoide intralesional

Possíveis tratamentos incluem:

● Administrar uma injeção de medicamento no queloide – isso pode fazer com que ele se achate. Os médicos podem tentar medicamentos diferentes para ver qual deles funciona melhor.

● Cirurgia para retirar o queloide – Após a cirurgia, o médico geralmente dá uma injeção de remédio na área, faz curativos oclusivos e pode orientar folhas de gel de silicone. Isso pode ajudar a evitar que o queloide volte.

● Crioterapia – Neste procedimento, o médico usa um produto (nitrogênio líquido) para congelar o queloide. A crioterapia funciona melhor em queloides pequenos e deve ser realizado em várias sessões.

● Brincos de pressão – São brincos especiais que pressionam os furos depois de perfurar as orelhas. Eles podem ajudar a impedir a formação de queloides quando os furos se curam.

● Radiação – Este tratamento usa altas doses de raios X para destruir queloides. Tratamentos isolados de radiação têm pouco resultado, mas se usados logo após a remoção cirúrgica do queloide ajudam a evitar que ele volte.

● Tratamento a laser – Essa terapia pode reduzir a altura e fazer com que a cor de um queloide desapareça, mas deve ser utilizado conjuntamente com outro tratamento, como uma série de injeções de corticosteroide ou compressão.

Queloides podem ser difíceis de tratar, além disso podem ter recidivas após o tratamento. Cicatrizes hipertróficas costumam responder melhor ao tratamento, e normalmente tem bom resultado com injeções intralesionais de triancinolona.

 

Queloides podem ser prevenidos?

– Sim. Você pode diminuir suas chances de desenvolver queloides por exemplo:

● Evitando cirurgias, se possível.

● Evitar perfurar partes do seu corpo.

● Tratar a acne precocemente antes dela se agravar.

● Evitar que cortes infeccionem, ou tratar rapidamente um corte infeccionado.

● Não raspar o pescoço – Isso pode irritar as espinhas e fazê-las formar queloides depois de se curarem.

Se você tiver um corte ou uma cicatriz, você pode:

● Mantenha o corte ou ferida hidratada enquanto se cura – Você pode colocar uma fina camada de creme cicatrizante sobre ela. Cubra com uma bandagem ou gaze. Mantenha a bandagem limpa.

● Cubra as cicatrizes quando estiver no sol – Faça isso por 3 meses após a formação da cicatriz. Você também pode usar protetor solar na cicatriz.

#Atualizado em fevereiro de 2018

 

Artigo médico sobre corticóide intralesional => link aqui

 

Deixe uma resposta